DDDRIN, Dedetizadora, Dedetização, Desentupidora, Controle de Pragas
Imprimir

Limpeza de Caixa de Água

TIPOS DE RESERVATÓRIOS DE ÁGUA

Os reservatórios são distribuídos em:
Caixas de água – aquelas localizadas no forro das casas ou no alto do prédios;
Cisternas – aquelas no chão, ao nível da rua ou enterradas, que recebem a água tratada da rua e que depois é bombeada para as caixas;
Cisterna de águas pluviais – aquelas que recolhem a água de chuva das áreas comuns e cujo conteúdo é utilizado para lavagem de pisos e regar plantas;
Torre – caixas e cisternas colocadas em estrutura em forma de torre elevada.

POR QUE FAZER?

A água é tratada pelos órgãos públicos mas, ao longo de seu percurso, ela carrega partículas de sujidades que se depositam nos reservatórios e acabam formando um lodo no fundo e nas paredes dos mesmos. Esse meio propicia o aparecimento de germes, fungos e bactérias, principalmente se o reservatório não estiver bem fechado e permitir a entrada de pó e pequenos animais.

É recomendável sua limpeza pelo menos uma vez por ano, independentemente da localização e atividade do imóvel.
Do ponte de vista legal, há duas resoluções, uma municipal e outra estadual que determinam a limpeza das caixas a cada seis meses para alguns tipos de instituição. São:

Lei Estadual nº 13331, de 23 de novembro de 2001 (Código de Saúde do Paraná)
Art. 188. Os reservatórios terão a superfície lisa, impermeável e resistente, não podendo ser revestida de material que possa contaminar a água e serão providos de:  
VII. Será obrigatória a limpeza periódica dos reservatórios de água, por período não superior a seis meses.

Lei Municipal Nº 10540 DE 4 DE Setembro DE 2002
"Obriga a execução de limpeza periódica das caixas d'água, conforme especifica."
A CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei:
art. 1º. Os hospitais, laboratórios, farmácias de manipulação, escolas públicas e particulares, creches, lanchonetes e restaurantes, indústrias alimentícias, frigoríficos, panificadoras e prédios públicos, deverão providenciar a limpeza e desinfecção de suas caixas d'água, num prazo máximo de 06 (seis) meses.

COMO É FEITA?

Deve ser feita a interrupção do fornecimento de água da rua nos reservatórios, providenciada pelo cliente e com antecedência mínima de 24 horas da operação de limpeza, no sentido de se evitar desperdícios. Deve-se verificar com atenção o consumo diário para calcular com quantos dias de antecedência será efetuado o fechamento da água da rua.

A operação inicia-se com a drenagem dos reservatórios por seus próprios meios, ou através da utilização de bombas de drenagem rápida, até um nível considerado satisfatório.
Posteriormente, é procedido o escovamento das paredes e pisos, com a finalidade de remover os detritos geralmente sedimentados. Completa-se a operação de limpeza efetuando-se a drenagem total dos reservatórios, sendo os mesmos lavados com água limpa. Finalmente é aplicado um bactericida e germicida por micro pulverização em todas as paredes e pisos, eliminando os germes e bactérias que proliferam no reservatório.
Se o cliente assim o desejar, e avisar com antecedência e na contratação, após o serviço serão providenciados os laudos das análises físico química e microbiológica por um laboratório independente.

No caso de substituição de algum componente tipo válvula, torneira, registro ou boia, os custos serão cobrados à parte.

DDDRIN Curitiba Rua Alexandre Gusmão, 914 / 926 - Bairro Tarumã - Curitiba - PR
Desenvolvido por Sites Curitiba
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(41) 3264 3666